Setor vital na gestão das empresas, Controladoria exige planejamento e domínio da Comunicação

26/10/2020

A Controladoria é um setor fundamental das organizações com capacidade de gerenciar uma empresa em todas as suas necessidades, tanto numa situação de crise, como na tomada de decisões do dia a dia. Quando a Controladoria está presente em uma organização, a resiliência é constante e torna a gestão eficaz, fazendo com que a empresa esteja sempre atenta para o que precisa ser entendido, desenvolvido, aplicado e validado em todo os âmbitos da atuação empresarial.

A Controladoria é um setor fundamental das organizações com capacidade de gerenciar uma empresa em todas as suas necessidades, tanto numa situação de crise, como na tomada de decisões do dia a dia. Quando a Controladoria está presente em uma organização, a resiliência é constante e torna a gestão eficaz, fazendo com que a empresa esteja sempre atenta para o que precisa ser entendido, desenvolvido, aplicado e validado em todo os âmbitos da atuação empresarial. Mas, para isso, é necessário desenvolver uma série de medidas, isoladamente e em conjunto, que possam contribuir para essa tomada de decisões que manterão a empresa no rumo certo.
 
Na opinião do gerente de Controladoria e Planejamento Financeiro da Hesselbach Company, Eduardo Belli Neto, é necessário realizar o planejamento de ações em um processo que envolve todas as áreas de uma empresa e seus respectivos gestores visando minimizar, reduzir ou, se possível, eliminar os impactos e riscos que podem ocorrer. Seja ele tributário/legal, social ou financeiro. Dessa forma, um conjunto de ações bem executadas fará com que o negócio tenha o menor prejuízo financeiro possível em qualquer situação que a empresa esteja envolvida.
 
“É interessante que as empresas, na maioria das vezes, acabam se preocupando com as informações e ações para minimizar impactos nas empresas somente nos momentos ruins, ou, nos momentos em que alguma crise está próxima de acontecer”, afirma.
 
Segundo a ABERJE (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial), gerenciamento de crises é o processo ou conjunto de medidas tomadas como reação a cada elemento de uma crise, desde conter seus danos até interromper sua evolução, possibilitando o retorno à uma situação de equilíbrio. "Eu vou um pouco mais longe”, arrisca o executivo. “Entendo que a Controladoria precisa compreender que praticamente todo momento que requer uma decisão é um momento de crise e que necessitamos de toda a informação que pudermos obter para decidirmos por uma melhor ação”.
 
Segundo o gerente da Hesselbach Company, especializado nesse tipo de trabalho, a Controladoria precisa estar sempre um passo a frente para a melhor tomada de decisão, e, dessa forma adequar ações de curto prazo e de médio prazo que são essenciais. Belli cita algumas:
 


AÇÕES DE CURTO PRAZO

Análise de Fluxo de Caixa, avaliando a projeção para os próximos meses, com foco na previsão de vendas, garantindo a entrega, além de avaliar os gastos da empresa como um todo. 
Entendimento de preços mínimos a serem praticados. Para isso é necessário determinar a correta apuração dos gastos (custos e despesas) e o cálculo do preço mínimo a ser praticado. 
 


AÇÕES DE MÉDIO PRAZO

Necessidade de análise de diversos cenários, avaliando tendências e elaboração de cenários com alternativas, todos focados na estratégia do negócio. 
Revisão constantemente do planejamento orçamentário, acompanhando Previsto x Realizado, com análise de possíveis desvios e contingências e, em conjunto focar no desenvolvimento de equipes, usando treinamentos e elaboração de procedimentos.

“Tanto nas ações de curto quanto nas médio prazo, as estratégias de comunicação são essenciais, pois seus parceiros, clientes e fornecedores - e seus funcionários - precisam sentir-se seguros e entender claramente o momento da empresa”, acrescenta Belli.

Para que isso ocorra sem nenhum dano colateral na empresa, ele lembra que se faz necessário criar um comitê para gestão da Comunicação envolvendo as áreas Jurídica, Suprimentos, Operações, Comercial e Financeiro, entre outras. “Com essas ações mapeadas e inseridas no DNA da empresa, a organização terá plena capacidade de entender constantemente o cenário em que está envolvida e terá capacidade para tomada de decisões de forma assertiva e com rapidez”, conclui.
 








Informações para a Imprensa – HESSELBACH COMPANY

COMMUNICA BRASIL

Andrea Funk - andrea@communicabrasil.com.br / (11) 99173-9120
Maurício Businari – mauricio@communicabrasil.com.br / (13) 99150-2326

www.communicabrasil.com.br

© 2020 por Hesselbach Company

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook
  • Instagram

Desenvolvido por Communica Brasil